Andréa Lambert é médica veterinária atuante na luta pelo direito dos animais. Há mais de duas décadas atua de forma decisiva contra os maus-tratos e exploração animal, como o fim dos circos com animais, das \”carrocinhas\’ e das charretes na Ilha e Paquetá. Ela é pioneira em eventos de adoção realizados na Cidade do Rio de Janeiro, tendo mais de quinze mil cães e gatos adotados por meio de seu trabalho,  e na capital controle populacional de cães e gatos através da esterilização.

Andréa tem agora como meta atuar na implementação de políticas públicas efetivas que promovam campanhas maciças de esterilização e adoção, em  todo Estado do Rio de Janeiro; apenas  com política pública séria de controle populacional e inserção de animais urbanos nas famílias é possível diminuir a população de animais de rua e também  evitar o abandono e os maus tratos de milhares de cães gatos,  que sem política forte se reproduzem a própria sorte e sofrem, quando deveriam ser tutelados pelo Estado.

A candidata tem como meta um mandato de ação, aplicação e fiscalização da Leis. A defesa dos animais saíra do gabinete e Andrea Lambert ficará a disposição dos animais e  acessível  as pessoas  que já os protegem, como já vem fazendo há muitos anos.

Outras metas importantes são a fundação do FEPA – Fundo Estadual de Proteção aos Animais e da DEPA – Delegacia de Proteção Animal,  o fim definitivo da utilização dos animais de  atração em áreas urbanas, bem como a defesa do meio ambiente

Propostas para defesa dos animais 

1. Atuar junto ao poder executivo para fundar o FEPA ( Fundo Estadual de Proteção Animal) voltado exclusivamente para ações de Proteção Animal

2. Fiscalizar todas atividades que exploram animais.

3. Alterar a Lei estadual de tração animal erradicando a exploração animal em áreas urbanas.

4. Assessoria jurídica e veterinária a protetores independentes.

5. Atuar junto às prefeituras para implementarem a Lei Federal 13.426/17 de controle populacional de cães e gatos.

6. Incluir no currículo escolar direito dos animais e introdução do vegetarianismo e veganismo

7. Mandato participativo com proteção animal.

8. Atuar junto com governo para implementar uma Delegacia de Proteção Animal.

9. Proibir rodeio e vaquejada.

10. Pressionar o poder executivo a coibir o tráfico de animais

11.  Apresentar projetos que preservem a fauna silvestre em áreas próximas  a estradas

12. Projetos de inserção de pessoas de necessidades especias e melhorias na locomoção em logradouros públicos, prédios públicos e particulares

13. Lutar pela preservação do meio ambiente, protegendo a mata e a fauna.